Jundiaí figura entre as cidades mais limpa do país

O município de Jundiaí é destaque no ranking nacional do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana (ISLU), estudo feito pelo Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana - Selur e a PwC que analisa os serviços de limpeza urbana dos municípios brasileiros, além de avaliar os desafios e o cumprimento das propostas definidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Com índice de 0,689, Jundiaí aparece na 27ª colocação entre os municípios acima de 250 mil habitantes, à frente de cidades paulistas como São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e São José dos Campos. A partir de dados coletados na base de 2014 do SNIS – Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento – e com base nos critérios da PNRS, foram mapeados 1.721 municípios brasileiros.

Para chegar aos resultados, foram avaliados quatro aspectos: Engajamento do Município (população atendida x população total); Sustentabilidade Financeira (despesas com a limpeza urbana x despesas totais); Recuperação dos Recursos Coletados (material reciclável recuperado x total coletado); e, por fim, Impacto Ambiental (quantidade destinada incorretamente x população atendida). Esses critérios foram escolhidos por meio de interações estatísticas, com a mesma metodologia de cálculo utilizada pela ONU para o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).

O prefeito Pedro Bigardi atribui a conquista à gestão eficiente no tratamento dos resíduos sólidos. “Aliada à conservação da cidade, que é uma prioridade, desde que assumimos o governo temos investido em projetos de modernização e novas tecnologias na gestão dos resíduos sólidos, por meio da parceria com a Alemanha. Como gestor e jundiaiense, fico feliz de ver nossa cidade sendo reconhecida em um estudo feito por uma instituição séria.”

Para o secretário municipal de Serviços Públicos, Lucas Rodrigues, o resultado reflete os investimentos no tratamento de resíduos sólidos. “O fato de Jundiaí figurar no ranking das maiores das cidades com melhor ISLU marca o reconhecimento do trabalho feito nos últimos anos”, frisa.

Entre os investimentos, o secretário aponta o tratamento do material da construção civil, o monitoramento de caçambas, o rastreamento de resíduos hospitalares, a implantação dos ecopontos e dos Pontos de Entrega Voluntária de Entulho (PEV), a coleta seletiva, a parceria com a Alemanha para estudos, capacitação e implementação de tecnologias para o tratamento dos resíduos, a revitalização de praças e espaços públicos antes utilizados como depósito de entulhos. Jundiaí também conta com um curso de pós-graduação em Gestão de Resíduos Sólidos que já formou sua primeira turma.

Fonte: Jornal de Jundiaí - JJ


Escolha mais que um lugar... Escolha um estilo de vida!

Imobiliária em Itupeva e Imobiliária em Jundiaí - SP

ASSISTA O VÍDEO DOS 30 CONDOMÍNIOS DE ITUPEVA

Agende sua Visita. Sem Compromisso